Bala Boneco

3 agosto 2013 Guloseimas    # 346 views
destaque

Uma balinha dura, rosada e em formato de um bonequinho. Ah, e o mais importante! Era dura e doce pra caramba, mas todo mundo adorava as balas Boneco na década de 80. Aliás, as balas Boneco disputavam com as eternas balas Juquinha a preferência da galera. A vantagem das balas Boneco sobre as balas Juquinha é que elas duravam muito mais na boca, por serem duras. O sabor era de framboesa e dava pra ficar chupando por muito tempo, até ela ir ficando mais fininha, quando dava para quebrá-la com os dentes e ir mastigando até engolir tudo.

Outra vantagem é que você comprava logo um saco cheio delas, ao invés de uma unidade. Como era super doces grudavam uma nas outras e não era raro ter que desgrudá-las antes de chupar, ou colocar duas de uma vez na boca. Pra completar as vantagens, a bala ainda tinha o formato de um bonequinho, tosco é verdade, mas era um boneco e isso apelava para as crianças.

Bhering Produtos Alimentícios

A empresa responsável pelas divertidas e deliciosas balas Boneco é a Bhering, fundada em 1880 sob a razão social de Bhering Produtos Alimentícios S/A. A empresa tinha como meta a industrialização, exportação e importação de gêneros alimentícios. A Bhering é o que podemos chamar de história viva, um verdadeiro marco no processo de iundustrialização brasileiro. Pra ser ter uma ideia, a Bhering era fornecedora oficial da Família Imperial, posto que manteve até o fim da monarquia no Brasil. Fabricava e fornecia café, chocolates e bombons.

Com o passar das décadas a Bhering foi diversificando seus produtos, produzindo cacau em pó, manteiga de cacau e derivados, fermentos, especiarias, confeitos e o que mais nos interessa, balas! Daí veio a bala Boneco, no meio de mais de 300 produtos diferentes. A Bhering não era fornecedora do Império à toa. Seus produtos tinham altíssima qualidade, inclusive rivalizando com produtos europeus. Conquistou vários prêmios de excelência, entre eles, na Exposição de Antuérpia, em 1885, Exposição Higiênica de Bruxelas, em 1910 e na Exposição de Turim, em 1911.

Em 1974 passou a fabricar rações operacionais para as Forças Armadas, bem como produtos alimentícios para o Programa Nacional de Alimentação Escolar, entre eles, sopas desidratadas. No entando, no meio de tanta coisa, seus mais tradicionais produtos são a Bala Toffee, o Chocolate Refeição e justamente a bala Boneco, que faz parte, ainda hoje, das doces recordações de infância das três últimas gerações em todas as pesquisas de opinião pública relacionadas a balas, doces e bombons no país. Certamente a Bhering honra o slogan se sua fundação: “Tradição e Qualidade, Desde 1880". Hoje, os produtos e a marca Bhering fazem parte do Grupo Barreto, dono da empresa Café Solúvel Brasília (CSB), produtora do famoso Café Globo.

O fim das balas Boneco

As balas bonecos tinham parado de ser fabricadas, mas depois que a CSB comprou a Bhering voltaram a ser comercializadas juntamente com as famosas balas Toffee. Na nova edição, uma novidade: além da nova embalagem, as balas Boneco vinham embaladas individualmente, o que evitava que elas grudassem umas nas outras.

A saudosa bala com formato de um boneco cor-de-rosa saiu definitivamente de linha em 2004, para tristeza geral de quem já teve o prazer de experimentar a "iguaria". A CSB chegou a tentar uma parceria com a Florestal Alimentos para continuar fabricando a bala Boneco, mas não emplacou. No entanto, as balas Toffee voltaram a ser fabricadas em 2006.

Vale a pena ver também

Comente pelo Facebook

...ou deixe um recado por aqui :)
Apelido:

E-mail:

Website:

Seu comentário:

Publicar Comentário

Current ye@r *