Gírias dos anos 80

16 janeiro 2014 Aconteceu nos Anos 80    # 39.397 views
destaque

Muita gente considera a década de 1980 como de grande efervescência cultural e musical. Até hoje são realizadas festas temáticas para lembrar o que de melhor foi produzido naqueles anos.

Quem viveu os anos 80 gosta de lembrar das músicas, dos programas de televisão, das novelas, das minisséries, dos representantes do rock nacional brasileiros, dos filmes que fizeram enorme sucesso, das guloseimas, de marcas de roupas e de sapatos que não existem mais, dos livros lançados, enfim, de tudo o que remete à década de ouro no Brasil.

E o que dizer das gírias daquela época? As expressões informais caíram na boca do povo. Todo mundo colocava uma gíria no meio da conversa. Algumas expressões desapareceram, pois caíram em desuso, porém muitas outras permanecem até hoje e ainda são incorporadas ao linguajar diário de quem está acima dos 30 anos. Em alguns casos, algumas gírias de tão utilizadas pela população acabaram sendo incorporadas pelo vocabulário oficial, fazendo parte dos dicionários.

Você, por exemplo, já deve ter ouvido falar que uma pessoa é "careta". Ou que fulano está "gamado", ou que você está com um "grilo na cabeça". Ou quem sabe se aquele seu amigo "virou a casaca". Que aquele seu chefe é um mala e que seu colega de trabalho é um baba-ovo. Todas essas são gírias oitentistas!

Dicionário de girias dos anos 80

Hora de relembrar algumas gírias que marcaram os anos 80. Confira a seguir as principais gírias daqueles anos e os seus respectivos significados.

Arrasar = Fazer sucesso, fazer alguma coisa bem feita. Também é utilizado como elogio. Ex.: Você arrasou no visual.

Arrebentar a boca do bolão = Situação, acontecimento ou algo que foi estrondoso, muito bom mesmo.

Azarar = Paquerar. Ex.: Aquele cara tá te azarando.

Baba-Ovo = Puxa saco. Ex.: Ele é um tremendo baba-ovo.

Bagaça = Definição para alguma coisa, algum assunto que estava sendo tratado naquele momento. Ex: Essa bagaça não está me cheirando bem.

Baranga = Mulher feia.

Bate e volta = Popular passeio feito com a intenção de ir e voltar no mesmo dia ou em algumas horas, comum nas excursões de "farofada" dos anos 80.

Beleza = Tudo bem.

Ben Johnson = Trocadilho utilizado fazendo alusão ao doping do atleta Ben Jonhson. Quem não estava bem por algum motivo, estava Ben Johnson.

Boy/burguês = Definição para os garotos que eram de uma classe social mais elevada, ou pelo menos queriam assemelhar-se a esses.

Broto = Nos anos 60, o termo definia um cara que era "gato". Nos anos 80, a palavra passou a definir as "gatinhas".

Bode = Mau humor.

Bufunfa = Termo para definir dinheiro. Ex.: É muita bufunfa.

Carango = Carro, automóvel. Ex.: Esse é o carango dos meus sonhos.

Careta = Antiquado, fora de moda.

Caroço = Pessoa chata, enjoada, desagradável.

Chocante = Muito bom.

Coroa = Forma de chamar nossos pais e/ou mães. Ex.: Minha coroa tá fazendo aniversário. Meu coroa não liberou o carro.

Da hora = Algo muito bom. Ex: Isso é da hora.

Dar um tapa = Fumar maconha.

Deprê = Estado de desânimo, depressão.

Detonar = Livrar-se de algo, também usado como sinônimo para "arrasar".

Deu Tilt = Quando algo dava errado e não saia como foi programado, ou quando surgia algum problema todos diziam: "Deu Tilt!", gíria derivada das máquinas de fliperama.

É Rodi = Definia uma situação ruim, algo ruim.

É ruim, hein! = Servia para negativa extrema em várias situações. Ex.: "Tô fora" ou "duvido!".

Escalar/Escalou = Intimar, chegar junto mesmo, alguém era escalado quando tinha que definir rápido uma situação.

Escovinha = Termo utilizado para definir os frequentadores de bailes conhecidos nos anos 80.

Esperto = Bacana, bom.

Extrapolar = Exceder-se, dar vexame.

Farofada/farofeiro = Termo utilizado para definir as "excursões" ida e volta no mesmo dia. Tinha mais relação com a alimentação que era levada para a excursão, geralmente "frango com farofa".

Fera = Sujeito habilidoso em alguma coisa.

Fight (faite) = Termo utilizado para "transar". "Dar uns fight".

Fominha = Sujeito que não passa a bola no futebol.

Gamar = Apaixonar-se.

Gamado = Apaixonado.

Gambé (s) = Termo que definia os policiais nos anos 80.

Gata ou gato = Mulher bonita, homem bonito.

Grana/Gaita = Termos utilizados para dinheiro.

Grilo (Grilo na cuca) = Desconfiança, preocupação. Ex: Eu tô com um grilo na cuca sobre aquele assunto.

Hiper, Super = Melhor ainda.

Malho (maio) = Termo que definia aqueles "beijinhos" que se davam em uma garota (pitchula).

Mala = Pessoa chata.

Maneiro = Algo bacana.

Massa = Bom, ótimo, legal.

Mina = Termo que definia as garotas.

Mintchura = Mentira.

Morô? = Entendeu? Está claro?

Normal = Está tudo em ordem.

Numa Nice = Numa boa.

Pacas = Muito. Ex: Ele te ama pacas.

Pagar Mico = Dar vexame.

Palha (Paia) = Mentira, algo que fugia da realidade, absurdo.

Palheiro (Paiero) = Sujeito que queria alcançar popularidade contando "Paias".

Pega leve = Devagar, menos.

Pentelho = Variação para mala, cara chato.

Pisar na bola /no tomate/Pisar no acabate = Fez algo de errado, falou algo que não deveria.

Pitchula/Pitchulinha = Termo usado para chamar as garotas.

Que Choque = Que legal.

Rachar o bico = Rir muito, rir até "rachar o bico".

Rolar = Empregado para diversas situações. Normalmente substituía o "acontecer". Ex: Rolou alguma coisa entre eles?

Rolê = Passeio, volta. Ex: Vamos dar um rolê por aí.

Rolo = Ficar várias vezes com a mesma pessoa. Ex: Eles estão de rolo?

Salão = Danceteria, pista de dança. Ex: Fulano vai hoje pro salão.

Tá Crowd = Tá lotado.

Tá Maus = Situação ruim.

Tomou Doril = Sumiu, desapareceu.

Trampo (dar um trampo) = Trabalho. Ex: Vou procurar um trampo.

Treta = Briga, encrenca, situação complicada.

Tudo azul = Quando estava tudo muito bem, tudo andando maravilhosamente bem.

Vamos nessa! = Definia quando as pessoas iam para algum compromisso, ou simplesmente estavam de saída de um local, festa, etc. Ex: Vamos nessa, que já estamos atrasados.

Viajar na Maionese = Delirar, falar coisas absurdas, fora da realidade. Ex: Ele viajou na maionese.

Virar Casaca = Trocar de lado, trocar de sexo, trocar de time, etc.

Xaveco = Termo utilizado para o tipo de "conversa" aplicado numa paquera.

Zura = Pão duro. Ex: Esse cara é muito zura mesmo.

...ou deixe um recado por aqui :)
  1. 8 / 26 / 2014 11:28

    ✈️ voei

    Responder

  2. 8 / 19 / 2015 12:19

    Zara Pacas

    Responder

  3. 3 / 22 / 2016 19:29

    e paatrabalho de escola

    Responder

  4. kkk kkkkk <3 Amei , usei a maioria pra trabalho <3

    Responder

  5. Fafá

    8 / 15 / 2016 13:42

    Caraca, eu uso o Ben Johnson direto rs.

    Responder

  6. BRASUCA

    10 / 16 / 2016 11:36

    Bem a pampa, mas saca ae que tem umas paradas a mais, tipo o “careta” é usado para um cara que não tava um tapa nos beck, fumava só cigarro.” Debôa” é algo tipo obrigado mas não quero não, mas ficou legal teu post

    Responder

  7. alguem

    2 / 27 / 2017 11:48

    nossa tem algumas que eu ainda uso mas obrigado vai me ajudar no trabalho

    Responder

  8. alguem

    2 / 27 / 2017 11:49

    nossa tem algumas que eu ainda uso mas obrigado vai me ajudar no trabalho da escol vlw

    Responder

  9. Débi

    3 / 31 / 2017 22:02

    Adorei! Achei muito legal algumas que duraram até hj!!

    Responder

  10. 7 / 8 / 2017 18:51

    adorava as gírias da época. Muito bom relembrar aqui neste site.
    Se sarfar, o cara é um prego acho que essas é da decada de 90 rsrsrs

    Responder

Apelido:

E-mail:

Website:

Seu comentário:

Publicar Comentário