Galaxy Rangers

18 setembro 2014 Desenhos Animados    # 2.131 views
destaque

O que acontece quando se mistura cowboys, espaço e estilo de desenho japonês? Um anime e western espacial, oras! Essa é a premissa amalucada de Galaxy Rangers, desenho animado americano criado em 1986 por Robert Mandell e pela Gaylord Entertainment Company, totalizando 65 episódios com 30 min de duração cada.

Além de ter conquistado uma legião de fãs, Galaxy Rangers marcou a história por ser um dos primeiros desenhos americanos a incorporar o estilo japonês de anime, o que conferiu um caráter revolucionário ao desenho na época. Para dar mais fidelidade ainda ao estilo, os produtores contrataram um estúdio nipônico muito renomado para cuidar da animação de Galaxy Rangers, o Tokyo Movie Shinsha (TMS Entertainment atualmente, cuidando de animações de franquias como Sonic, Monster Rancher, Bakugan, Justice League, Batman Beyond, entre outras).

A ideia de juntar características bem americanas, como western e space opera (ficção-científica estilo Guerra nas Estrelas), com o estilo de desenho japonês, deu super certo e Galaxy Rangers se tornou um clássico, embora tenha ficado apenas 1 ano no ar.

A história dos Rangers

Os Galaxy Rangers são uma equipe montada pelo Bureau de Assuntos Extra-Terrestres (B.E.T.A.) e sua função é manter a paz na galáxia. Tudo começa em 2086, quando dois alienígenas pacíficos, vindos dos planetas Andor e Kirwin, viajam à Terra em busca da nossa ajuda para combater o Império da Coroa, liderado pela Rainha da Coroa, uma vampira expansionista e impiedosa, que tentava dominar o universo com sua frota de naves e sua tropa de soldados brutamontes, que pareciam um amálgama esquisito de humanos, máquinas e alienígenas. Eram um monte de clones vestindo trajes espaciais.

Em troca de nossa ajuda, eles nos dão os planos para construirmos o nosso primeiro hyperdrive, um hiper-propulsor espacial que permite viajar mais rápido do que a luz. O dispositivo abriria as portas do universo para os terráqueos. Com a nova possibilidade de viajar pelo espaço afora, muitas colônias afastadas da Terra foram construídas. A Liga dos Planetas funda então o B.E.T.A., que reúne uma equipe de indivíduos únicos cuja missão é proteger o hyperdrive, a Terra e os nossos aliados.

Segundo a sinopse do desenho, os Galaxy Rangers são” corajosos pioneiros comprometidos com os mais altos ideais de justiça e dedicados a preservar a lei e a ordem em toda a nova fronteira”. Muito bonito!

O líder dos Galaxy Rangers é o Capitão Zachary Foxx, que comanda mais 3 Rangers: Doutor Hartford, Shane Gooseman e Nikko. A base fica na montanha Beta e os Rangers respondiam a Joseph Walsh.

  • Zach” Foxx – o Ranger principal, Comandante linha-dura dos Galaxy Rangers. Foxx possui um implante biônico no braço que lhe confere super-força.
  • Walter “Doc” Hartford – o nerd da parada e o que solta as piadinhas infames. Tem um implante que o transforma num gênio da informática e o permite gerar e interagir com programas de computador.
  • Niko – É a mulher grupo, e pra variar dão uma habilidade mais light pra ela, um implante que amplifica sua paranormalidade e poderes telepáticos.
  • Shane “Goose” Gooseman – O implante de Goose é de transmutação, permitindo que ele se transforme sua em qualquer coisa. Pode ficar invencível e é o mais rebelde do grupo.

Além de seus implantes e habilidades, os Rangers contam com outros “brinquedinhos” para defender as galáxias. Os equipamentos de ponta incluem computadores sofisticadíssimos (para a época pelo menos), naves e até os cavalos androides Triton, Brutus, Mel e Voyager.

Com tantas colônias espalhadas pelo universo, a criminalidade aumenta e os Galaxy Rangers se mantêm bem ocupados, enfrentando desde bandidos comuns e piratas espaciais, até alienígenas e o Império da Coroa, sempre o principal e mais perigoso inimigo no desenho. A esposa do capitão Foxx foi sequestrada pela Rainha da Coroa e ele sempre tenta reaver sua amada.

Durante os desenhos, outros personagens carismáticos ajudaram os Rangers em suas missões. Os mais lembrados são Zozo, embaixador do planeta Kirwin que vivia sempre alegre; Waldo, embaixador de Andor e criador do Andorian, que evitava a violência e quando o bicho pegava se protegia com um campo de força; e Buzzwang, uma androide que nas horas vagas dançava break – mais anos 80 impossível!

Galaxy Rangers - Poster

Galaxy Rangers no Brasil

Curiosamente Galaxy Rangers não demorou a passar no Brasil, como outros desenhos da época. Com o nome de As Aventuras dos Galaxy Rangers, o misto de anime, western e space opera foi exibido pela Rede Globo em 1987. Além de ser bem diferente dos desenhos da época – e de ter uma ótima qualidade, Galaxy Rangers se beneficiou do fato de passar na grade de atrações do Xou da Xuxa, programa mais assistido pelas crianças. Foi sucesso instantâneo, com a molecada vidrada comentando nas escolas e nos bairros.

O desenho ainda foi reprisado pelo extinto canal de TV à cabo Locomotion, anos depois.

...ou deixe um recado por aqui :)
Apelido:

E-mail:

Website:

Seu comentário:

Publicar Comentário