Menu

Boneca Lu Patinadora

22 de Fevereiro de 2014 - Brinquedos e Brincadeiras
Boneca Lu Patinadora

Na década de 1980, a boneca Lu Patinadora era uma febre, rivalizando com várias bonecas que já faziam um baita sucesso. A eletrônica começou a ser incorporada às bonecas, que passaram a ser mais interativas em modelos como a Amore, de 1986. Outras inovações surgiram nessa linha, como a Sapequinha, primeira a usar fibra óptica e foto sensor para "perceber" a aproximação da criança, e a Bela Palminha, que "cantava" quando suas mãos juntavam-se.

A Lu Patinadora entrou nessa e era uma boneca altamente "tecnológica" para a época. Ela fez com que as crianças não somente quisessem tê-la, mas também quisessem aprender a andar de patins, ou seja, as meninas queriam imitar a Lu Patinadora, que patinava de verdade. Além do mais, ela vinha com itens de segurança fundamentais como capacete, cotoveleira e joelheira, e também com um modelo super esportivo, que também inspirava as crianças. A boneca era lindinha e foi um sucesso absoluto, e até hoje é muito lembrada por quem viveu os anos 80. Para funcionar, Lu Patinadora precisava de duas pilhas.

O comercial da boneca tinha até uma musiquinha fácil de cantar, que obviamente grudou feito chiclete na cabeça das meninas:

"Lá lé, li, ló, Lu Patinadora!
Lá lé, li, ló, Lu Patinadora!
De roupinha esporte ela é uma graça ela ensina você a patinar.
Tem cotoveleira? Tem!
Capacete, joelheira? Tem tem!
Lá lé, li, ló, Lu Patinadora!"

Vale a pena ver também

Uma opinião sobre “Boneca Lu Patinadora

cris

preciso saber qual a agencia de publicidade responsável pela propaganda da Lu Patinadora.

Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *